Júlia Avelar – Candidata Miss Tattoo Week SP 2017

0

Júlia Avelar, 21 anos, Belo Horizonte – MG

Aos 12 anos eu já pintava o cabelo de verde, rosa, azul. Aos 15 fiz meu primeiro piercing e tatuagem. Esse mundo “alternativo” sempre me chamou atenção, hoje com 21 eu já tenho mais de 50% do corpo tatuado.
Eu sempre desenhei, quando era mais nova, minha família e eu passávamos muitas dificuldades, tínhamos que viver nos mudando, muitas vezes não tínhamos o que comer. Desenhar pra mim sempre foi meu ponto de “escape”, um lugar em que eu ia dentro da minha mente, um abrigo.
Eu nunca pude participar de um curso de desenho, mas sempre tentei aprender com todas as experiências que eu tive. Aos 17 eu já era recepcionista em um estúdio de tatuagem, aquilo ali era minha felicidade, eu amava ir pro trabalho e ficava triste quando acabava, sempre observadora, acabei aprendendo muita coisa.
Aos 18 anos eu já sabia que era isso que eu queria, ser tatuadora. Eu queria viver isso, e essa era a profissão que eu queria seguir. Como eu citei ali em cima, eu sempre fui meio “diferente” e consequentemente as pessoas estranhavam.
Muitas vezes na rua eu já fui chamada de coisas ruins por pessoas religiosas, sempre rolava aquele “Você sabe que nunca mais consegue um emprego com isso né?!”, já fui muito barrada em entrevistas de emprego por causa das tatuagens, também já fui muito seguida em comércios pelo estereótipo de antigamente, em que as pessoas pensavam, que tatuagens eram coisas de pessoas “ruins”, ladras e etc.
Hoje em dia não rola tanto isso mais, as pessoas estão se acostumando. Muita gente adere as tatuagens hoje em dia, principalmente porque isso virou uma coisa bonita pra pessoas “famosas”. Ainda rola sim, um preconceito, mas isso é mais velado.
No ano passado eu me inscrevi pro MISS BH TATTOO, mas acabei não participando. Quando criança eu sofria muito na escola, os meninos me achavam feia, e as meninas estavam sempre me colocando apelidos. Então eu criei um problema com autoestima, não conseguia me achar bonita de nenhuma forma. Esse ano meu marido (Renato) me incentivou a me inscrever de novo, foi me dando apoio e me deixando confortável com a situação. Acabei virando MISS BH TATTOO.


Aqui em Belo Horizonte nós temos o evento BH TATTOO feito pelo querido Marcus Pequeno, e o concurso de Miss é uma experiência incrível pra nós mulheres. A mulher sempre foi inferiorizada né? E esse concurso é um banho de autoestima.
Para nós, representar isso, essa cultura magnífica que é a da tatuagem é muito importante, isso encoraja outras mulheres a serem o que elas querem ser, serem livres e a entenderem que ter personalidade é bonito sim, e que mulher é tão importante pra tudo isso quanto o homem. O cenário da tatuagem aqui no Brasil ainda era muito masculino, a maioria dos estúdios e tatuadores são homens, e esse concurso é uma porta de entrada pra mostrar que tem mulheres incríveis nisso também. Pra divulgar isso, e pra que outras mulheres sejam encorajadas a participar também.

 

Hoje em dia meu conceito de beleza é ter uma alma bonita, uma energia gostosa, dessas pessoas que a gente se sente bem em estar perto. Isso pra mim é beleza, uma energia boa vale mais que uma cara e corpo bonito.

 

E esse ano me aconteceram muitas coisas legais que me ajudaram a ir construindo tijolo por tijolo a minha autoestima e amor próprio. Eu já fiz vários ensaios até hoje, sempre buscando me ver pelos olhos de outras pessoas. O MISS BH TATTOO esta sendo o salto mais importante que eu já dei em toda minha vida até agora. Com ele eu estou aprendendo cada vez mais, e me inserindo de pouquinho a pouquinho nesse cenário lindo que é o da tatuagem.

É uma honra imensa estar representando BH nisso, como o meu sonho é ser tatuadora e é disso que eu quero viver, isso tudo pra mim tá sendo uma experiência incrível, saber que eu consegui chegar até aqui já me faz sentir uma vitoriosa.
Pra ser MISS, só precisa ser você, seja você mesma, seja verdadeira e fiel ao que você acredita, e represente isso.

Recadinho:
“O meu mais sincero obrigada a todos que me apoiaram e me apoiam nessa caminhada até agora, em especial meu marido, mamãe, irmã! Ao Marcus Pequeno, pois sem ele e o BH TATTOO nada disso seria possível. E a todos que torcem por mim, saibam que é uma felicidade imensa, e que nós vamos dar nosso melhor. Nos vemos em SP na maior Convenção de Tatuagem do Mundo!”

Curtiu? Então segue ela nas redes socias e não deixe de ir dar o seu apoio na Sexta Feira no Desfile:
Facebook

Galeria de fotos:

Share.

About Author

Foto de perfil de Ana Carvalho

Paulista, idealizadora do Projeto Bela Tatuada, Body Piercer, Tatuadora e Redatora do Site Portal Tattoo com 20 anos muito bem vividos e e intensos. " Sonhar é necessário para existir."

Leave A Reply



Pular para a barra de ferramentas