Ontem pela manhã, ao ler as notícias, fui surpreendida por essa manchete do G1, uma “tatuadora” que admite não saber desenhar e faz tattoos “malfeitonas”.
No primeiro momento, achei engraçadinho, mas aquilo começou a me incomodar, e muito, hoje em dia virou moda ser tatuador, qualquer um compra uma máquina de tatuagem e sai rabiscando a torto e a direito.
Gente, até a Americanas.com passou a vender kit de tatuagem, para a alegria dos neófitos, não precisa nem sair de casa mais, é só teclar e… Voilá, você já está preparado para ser um tatuador!
Olha, não tenho nada contra a tatuadora, muito pelo contrário, acho que todo mundo tem o seu direito de ter um lugar ao sol, porém, o que me causa revolta é a mídia endeusar um trabalho e uma atitude que vai contra TUDO aquilo que eu e meus colegas de profissão pregamos e fazemos no nosso dia-a-dia, em nossos estúdios particulares.
Estudo, comprometimento, investimento em cursos e materiais, horas e horas sentado em frente a computadores, folhas de papel ou peles, sempre procurando melhorar cada vez mais e mais o trabalho oferecido.

Gostaria de saber se os médicos, engenheiros, advogados, dentistas e outras profissões aceitariam ter, entre os seus pares, profissionais que atendessem baseados apenas no “bom humor”.
Imagino médicos bem-humorados operando o pâncreas quando deveriam operar o rim; dentistas, ás gargalhadas, extraindo os dentes da frente ao invés dos sisos e engenheiros tirando selfies quando as pontes construídas ruíssem com a primeira chuva de verão.

E nós, tatuadores, batendo palma para mídia que enaltece o ruim ao invés do belo.
Haverá aqueles que dirão: “Ora, mas é arte!” Ok. Você tem todo o direito de achar, mas não queira empurrar pela minha garganta abaixo o seu achismo.
Aos meus irmão tatuadores, que ralam, estudam e sangram lágrimas suor e sangue todos os dias, o meu respeito.Tamu junto sempre!!!!
A você, que quer tatuagem malfeitona, por favor, não me procure. Pois aqui gostamos e respiramos arte.

Vida longa e próspera para todos.

http://g1.globo.com/bahia/noticia/com-bom-humor-jovem-investe-em-estudio-para-tatuagens-malfeitonas-em-salvador-nao-sei-desenhar.ghtml

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *