Maytê Tigre, 28 anos, Lages – SC

Minha paixão pela arte começou cedo, fiz minha primeira tatuagem foi aos 16 anos e minha primeira perfuração foi aos 14 anos.
Logo que fiz minha primeira perfuração, iniciei minhas primeiras experiências de perfuração com as minhas amigas, após um tempo fiz um curso de aplicação profissional, porém tive que pausar para dar inicio a minha faculdade de Pedagogia e também ser mãe da minha filha, Cecíla, hoje com 9 anos.

Hoje trabalho como professora, conquistei o meu espaço nessa área me efetivando, as minhas tatuagens das mãos, são extremamente importantes para mim, pois prometi a mim mesma, que estudaria o quanto fosse necessário, para me efetivar e não depender de ninguém a não ser de mim mesma. Assim que passei no estágio probatório, tatuei minhas mãos, para lembrar dessa conquista.


Também trabalho ao  lado do meu marido, Thiago Tigre (Tatuador e psicólogo), nosso estúdio o Tigre Tattoo, foi uma grande conquista, um sonho nosso, afinal somos artistas e viver de arte, nem sempre é fácil. Amo tocar contrabaixo, treinar karate, jogar vídeo-game e sinuca. Gosto de ir a festivais e curtir um bom e velho rock n’ roll, claro, com a minha família, afinal sem eles, nada faria sentido.


Não sou modelo, mas obtive algumas oportunidades de fotografar com ótimos profissionais, que me presentearam com grandes recordações, as quais, guardarei para sempre com muito carinho.

Sempre tive alguns complexos com em relação a minha aparência, quando tive meu primeiro contato com os desfiles, percebi que nem tudo está relacionado a aparência, e sim a confiança que temos em nós mesmas.
Percebi que a beleza está muito além de imagem, ela está refletida nas atitudes, o Miss Tattoo é um concurso de mulheres reais, com histórias reais de exemplos a serem seguidos. Ele ajuda a mostrar um lado da mulher que deve ser visto, um lado da mulher que tem escolhas próprias e sabe o que quer.

Já tive o prazer de ser a 1º Lugar no Miss Pin Up na Convenção Internacional de Tatuagem de Joinville, 1º Lugar Miss Tattoo Floripa na Expo Tattoo Floripa, Capa na Revista Joinville Ink (atual Santa Ink), Modelo alternativa no site Gibi Girls e Inked Models.
Esse ano percebi que minha dedicação valeu a pena, pois estou classificada para o Miss Tattoo Week SP,  participar desse concurso é uma realização e conquista pessoal, estar entre mulheres lindas e cheias de atitude, poder desfilar ao lado delas, será um momento único, que ficará guardado para sempre.

Cada concurso é uma experiência nova e diferente, o frio na barriga é inevitável, afinal estamos levando a público nossa imagem e a nossa historia, assim mostrando que a tatuagem não nos limita em forma de pensar, de amar, não nos torna menos femininas, menos mãe, menos responsável ou menos mulher.

Recadinho:
“ Você não precisa mudar para ser aceito, seja o que te faz feliz.”

Curtiu? Segue ela então nas redes sociais e não deixe de ir dar o seu apoio na Sexta Feira no desfile:

Facebook    Instagram

 

Galeria de fotos:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *