Dafny Zanquetta, 26 anos, Porto Alegre – RS

Aos 16 anos fiz minha primeira tatuagem por já ser apaixonada pela arte, de lá para cá, nunca mais parei.
Uma parte da minha família desaprova o estilo de vida, simplesmente por obter tinta na pele, foi difícil, mas hoje carrego próximas a mim, somente pessoas que me aceitam como sou.
Sofri alguns atos de hostilização, em trabalhos e alguns lugares, mas não acredito que possa nomear isso de preconceito.  Acredito que preconceito é uma coisa muito maior e enraizada, sobre aspectos que não temos controle. A tatuagem não é bem vista por algumas pessoas, especialmente em mulheres, existe um pré-julgamento, mas a gente tá aí pra mostrar um pouquinho da verdade por trás deste estilo de vida, que não tem nada além de arte.

Meus hobbies tem muito a ver com a arte, eu danço, canto e desenho. Gosto de viajar e cozinhar, sou apaixonada por idiomas (sou professora de inglês).
Atualmente tenho ouvido bastante Rap e Hardcore, mas me considero uma pessoa bem eclética, sou noiva e amo meus filhos (Bulldogs).

Ano passado fui convidada para participar de alguns eventos locais desfilando, eu já modelava para sites como Xplastic, Canal Brasil e PoutsPlaf, achei interessante e comecei a me envolver mais com os desfiles. O Tattoo Week SP será meu quarto desfile, o terceiro foi o Miss Tattoo Show RS, no qual ganhei primeiro lugar. Sempre estive nas convenções, tenho muitos amigos da área, fico feliz por estar próxima a eles e ter a chance de conhecer pessoas tão legais como tenho conhecido a cada desfile.

O nervosismo é inevitável, mas estou muito feliz em participar do Tattoo Week 2017, estou ansiosa e preparando algo bem bacana pra galera.
A beleza é algo totalmente pessoal e subjetivo. Todas as pessoas têm suas belezas, cada uma a sua forma. Afinal o padrão só serve para uma coisa: Ser quebrado!

Para mim, o concurso representa a quebra de paradigmas e padrões de beleza, o empoderamento feminino. Cada menina participa, tenta participar, curte assistir por um motivo diferente, mas tenho certeza que todos os motivos são ligados a se sentir bem consigo mesma e a respeitar o próximo.
Acredito que os desfiles ajudem a colocar a mulher tatuada em evidência, não como uma atração, mas como mães, irmãs, namoradas, filhas, MULHERES! Que estão aí e devem ser respeitadas.

Ser Miss Tattoo faz parte da minha vida, me ajudou a entender, muito sobre mim mesma e mais do que tudo, me ajudou a me ver de outra forma, me deu mais confiança e melhorou minha autoestima. Fico feliz em fazer parte de uma história de mudanças.

Recadinho:
“Obrigada, por todo o apoio, on-line e off-line, por curtirem meu trabalho, acompanharem minha jornada, e mais que tudo, obrigada por sempre me respeitarem e me fazerem sentir querida. Eu realmente sou a maior fã de todos vocês. Obrigada! Após o Tattoo Week SP estarei na primeira convenção de Pelotas/RS e em Florianópolis/SC. Continuem me acompanhando pelo Insta @daffythugbaby pra saber mais detalhes e de outros jobs também.”

Curtiu? Segue ela então nas redes sociais e não deixe de ir dar o seu apoio na Sexta Feira no desfile:

Facebook     Instagram

Galeria de fotos:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *