Essa semana, vai rolar um dos eventos mais aguardados do ano a 4ª edição da Convenção Internacional de tatuagem de Joinville. A convenção que além de contar com o concurso de tatuagem, também apresenta o Musa Brasil e o Miss Pin-up. As atrações também são garantidas e dessa vez viemos falar sobre a Mulher Vampira, que pela primeira vez irá participar de uma convenção de tatuagem no Brasil.

maria_jose_cristerna_mulher_vampiro1_34

Mexicana mãe de quatro filhos, vítima de violência doméstica, figura no Guinness Book como a mulher mais transformada das Américas. Ela participa do segundo maior evento de tatuagem da América Latina, em Joinville, SC.

María José Cristerna, a Mulher Vampira, tem uma historia por trás de suas modificações corporais, um sucesso internacional, fará sua primeira aparição em eventos no Brasil.

“Aos 17 anos de idade, María apaixonou-se e casou-se com o homem que a violentaria nos 10 anos seguintes. “Eu estudei em uma escola religiosa, me apaixonei e me casei de branco. Desejava ter uma boa carreira profissional. Eu queria fazer as coisas ‘direitinho’”, comenta a artista.

A Vampira Mexicana considera seu corpo uma obra de arte viva e tenta comprovar dessa maneira, que todo mundo é livre para fazer suas escolhas, inclusive, libertar-se de toda e qualquer forma de opressão e agressão. O corpo, que foi sendo transformado nas últimas décadas tem, além das infinitas tatuagens, uma variedade de piercings, alteração na cor dos olhos, implantes de titânio que imitam chifres e implantes dentários estilo presas que dão a ela o aspecto de vampiro.

“Modificar meu corpo foi uma forma de libertação. Foi uma forma de me tornar imortal, de realmente ser um vampiro”.

maria_jose_cristerna_mulher_vampiro1_04-tottlay-cool-pix

Aos 36 anos, María Cristerna tenta levar uma vida normal, mas suas aparições públicas são confrontadas por olhares curiosos e questionamentos diversos. Casada novamente, María dedica-se a cuidar do marido e dos quatro filhos enquanto administra sua agenda em seu estúdio de tatuagem e participação em eventos em várias partes do mundo como cantora de rock e DJ. Formada em direito, teve que abandonar a advocacia por causa da aparência. María figurou no Guinness em 2011 e estará novamente na edição de 2017.

 Fonte: CCR Gestão de Comunicação e Tattoo Joinville

E durante a convenção nós do Bela Tatuada estaremos trazendo matérias e artigos para vocês se deliciarem <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *