” Já sofri violência verbal e física de um cara no qual vivi por 4 anos, um cara que na mente dele mulher, quando fala com outro homem esta traindo e quando fala com mulher é sobre trair. Já tentou colocar fogo em mim (só estava bravo, não era intenção), me fez parar em hospital por me bater muito e na frente da minha filha, apesar de tudo isso, algo não me deixou partir nas duas tentativas de morrer. Hoje estou muito mais forte, lutando cada dia pelo respeito da mulher e aquele cara do passado, hoje por algum motivo maior já se cura daquele covarde que um dia foi. E eu o perdoei sim.
Cara é muito complicado na verdade, porque mesmo perdoando, eu tenho um pouco de receio de acontecer novamente, de talvez ser apenas uma fase, e muitas mulheres acabam continuando seu relacionamento e não saindo de casa, por não terem condições de sustentarem, de criarem seus filhos, mesmo com a tal ajuda de pensão e sem apoio algum da família. Basicamente o meu caso.
Eu no momento tento explicar pra ele que mulher merece todo o respeito do mundo assim como eles.
Ciumes todo mundo tem, mas quando o homem se aproveita da força perde totalmente o brilho, no momento vivemos em paz, ele assume os erros sem vergonha alguma e tenta concertar.
Quero deixar claro que, eu fiz o B.O , e se qualquer mulher que tomou um tapa na cara que seja. não fique calada não, você tem direitos e um deles é ser respeitada porque há sim, direitos iguais, em casa, na rua e ate mesmo no trabalho. Apesar das falhas do nosso sistema penal, o primeiro ato é não se calar.”

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *