“Sofri dois anos violência verbal do meu parceiro, me inferiorizava inclusive em público, vi que não conseguiria sair dessa relação sozinha quando ele levantou a mão para me agredir, ali foi a gota d’água, liguei para minha mãe e na mesma semana me mudei para perto dela, sabia que com ela ao meu lado teria finalmente a coragem para me ver livre. Coloquei ele para fora de casa, e hoje tenho a consciência que o que mais preso em minha vida a minha liberdade, e sou forte o suficiente para nunca mais deixar isso acontecer… Nunca fui a policia por vergonha, pois como a maioria das mulheres sabem, eles sempre fazem parecer que tudo é por nossa culpa…”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *