14368849_965424800253649_637747997746031559_nSabrina Souza, Cabeleireira/Hairstylist  no Studio Black and White Hair.
“No inicio de 2013 desisti de trabalhar no ramo alimentício e procurar um trabalho foi então, vi uma oportunidade em um salão da minha cidade como Auxiliar de Cabeleireiro.  Eu não tinha experiência mas tinha a vontade e a facilidade de aprendizado. Achei que estava pra mim até o contratante dizer que não poderia aceitar uma pessoa sem experiência pela incapacidade, foi então desanimei geral.
Eu tive um trailler de lanche, eu resolvi vender ele e meu maquinário para então dar inicio a um curso que pudesse em fim me especializar e me capacitar. (Meu pai foi cabeleireiro por mais ou menos 6 anos, morando e trabalhando na Angola, Africa do Sul.)
Sabe o que é amor a primeira vista? Quando iniciei o curso eu me encantei com tudo, além do professor que era atencioso e dedicado com os alunos.
Mas sabe como é, nunca é fácil, tive que achar um emprego para sustentar a casa, pagar o curso e o material que não era barato até que eu conseguisse em fim começar a trabalhar com o que estava buscando.
Será que sou só que que começou com atendimentos a domicilio?! Claro que não. Muitas começam assim e até mesmo, após abrir um salão, ainda trabalham com atendimento personalizado a domicilio. Não é vergonha pra ninguém.
A hora de arriscar chegou a minha porta, eu trabalhava em dois lugares diferente, com casa, filha, desempenho em ambos os trabalhos, vida particular… Fazer o que amo ou ter estabilidade?

Meu coração falou mais alto, pedi as contas e segui meu sonho, não foi fácil, atrasei parcelas, contas, até pensei em trancar o curso, mas sabia que aquilo era uma péssima escolha, afinal, me formar faria com que eu concluísse o ciclo de aprendizado. Muito trabalho e dedicação e finalmente… Eu consegui.
Me formei, tenho meu salão, minhas clientes fieis e acima de tudo vitoriosa.

Ser cabeleireira não é só uma escova, chapinha ou tintura, é auto estima, sonhos, idealizações, é processo de mudança e renovação. Na vida de cada mulher.
Hoje meu pai trabalha comigo e pra mim e uma grande alegria, pois, ele tem 10 anos nessa carreira de cabeleireiro e muita experiência, a cada dia um novo aprendizado nessa área e assim nunca para, a cada estação uma nova tendência e como ótimos profissionais temos que estar ligados em tudo.
Ser uma cabeleireira pra mim é uma dádiva que Deus meu deu e tanto me deus forças para não desistir, é carinho, amor, dedicação. No meu salão não somos só cabeleireiros, somos amigos, ouvintes e conselheiros.

Confira abaixo lindos trabalhos da Sabrina Souza:

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *